Banners Internas - Blog

Blog

Campanhas mobile: como usar para conquistar novos clientes?

campanhas-mobile-como-usar-para-conquistar-novos-clientes.jpeg
  • O Brasil é o quarto país com maior número de smartphones. Registra-se também que quatro em cinco internautas utilizam o aparelho para comprar.

    Por conta disso, muitas empresas já começaram a fazer  sua campanha mobile, porém enfrentam diversas dificuldades para fazê-la. Outras entendem que precisam dar mais atenção aos usuários de pequenas telas, mas não sabem nem por onde começar.

    Seja qual for o seu caso, preparamos quatro dicas que vão nortear sua campanhas e ajudar para que elas sejam bem-sucedidas.

    Boa leitura!

    Transformar o site para ser responsivo

    Um site responsivo é aquele que consegue se adaptar às telas dos mais variados tamanhos, desde os monitores de tela grande até os smartphones e tablets que possuem visores menores.

    Além de melhorar a experiência dos usuários, que acessam cada vez mais os sites a partir dos seus dispositivos móveis, tornar o site adaptável auxilia em uma melhor posição no ranqueamento do Google.

    As equipes de design e programação devem trabalhar conjuntamente para garantir um acesso simples e coerente com os formatos das telas. 

    Assim, os botões devem ser maiores e um espaço considerável deve existir entre ele e outro conteúdo, para que um visitante possa facilmente acessar a informação com o dedo, sem atingir outras áreas.

    Criar anúncios focados em mobile

    Além de segmentar anúncios para serem veiculados em dispositivos móveis, outras ações são necessárias para que os internautas possam vê-lo bem e entender a mensagem que será passada.

    Veja uma lista de práticas que você deve fazer para criar um anúncio para smartphones e tablets:

    • utilize imagens chamativas e que sejam adaptadas para visualização em telas pequenas;
    • lembre-se que o call to action deve ser proporcional ao tamanho do anúncio, para que os visitantes possam vê-lo perfeitamente;
    • não use informações com pequenas dimensões, uma vez que elas poderão poluí-lo ou mesmo nem serem vistas;
    • pense em utilizar vídeos para deixá-lo mais interessante.

    A dinâmica dos anúncios para aparelhos menores também é diferente. Quando um usuário está conectado neles, deseja mais diversão e entretenimento. 

    Sendo assim, se os anúncios tradicionais já precisam ser interessantes, aqueles otimizados para o público das pequenas telas deve ser ainda mais.

    Utilizar redes sociais

    A maioria dos aplicativos utilizados está relacionado ao uso de redes sociais. Assim, é recomendado que as campanhas possam ser projetadas para atingir aos usuários dessas redes, principalmente aquelas que funcionam essencialmente no mobile, como o Instagram.

    Pense em fazer publicações que estejam conectadas ao objetivo da campanha, levando conteúdo interessante, divertido e útil para seus seguidores.

    Use e abuse de posts em vídeos para conversar e ajudá-los a resolverem seus problemas.

    Ter atenção voltada para resolver os problemas do cliente

    Antigamente, o suporte aos clientes acontecia predominantemente por telefone. Depois disso, muitas empresas adotaram chats online para melhorar o atendimento.

    Agora, porém, as pessoas não possuem nem tempo para ligar para o SAC e, diversas vezes, os chats são complicados para que os usuários os conectem em seus dispositivos móveis. Assim, campanhas bem-sucedidas levam isso em consideração e fazem questão de atender bem o cliente em suas dificuldades.

    Caso contrário, em vez de achar as informações e as publicações interessantes, ele utilizará o espaço para reclamar do serviço e do atendimento prestado. Para começar a prestar suporte, responda todos os comentários e, se preciso, chame o cliente para uma conversa em privado.

    Além disso, não despreze nem mesmo as críticas mais severas. Responda com atenção e carinho para tentar convencê-lo a continuar sendo seu cliente.

    Pela enorme quantidade de usuários conectados, fazer campanhas mobile torna-se fundamental. Nesse cenário, seguir as nossas quatro dicas pode ser um bom início.

    Agora, comente nosso post dizendo quais são os seus problemas para colocar sua campanha mobile em funcionamento e diga como os tem resolvido!

Comentários

Envie seu comentário