Banners Internas - Blog

Blog

4 dicas práticas para criar o seu planejamento de mídia

4-dicas-praticas-para-criar-o-seu-planejamento-de-midia.jpeg

Atualmente gestores de marketing têm, mais do que nunca, opções para realizar um bom planejamento de mídia. Eles podem decidir onde, quando e como anunciar e promover produtos e serviços. Afinal, além dos meios tradicionais (jornais, rádio e TV), podem usar redes sociais, e-mail marketing, anúncios na web etc. E muitos aprenderam do modo mais difícil: viram na prática que aquilo que funciona em um impresso não se sai tão bem quando aplicado na internet, por exemplo.

Isso significa que não há fórmulas mágicas para criar estratégias de marketing bem-sucedidas. No entanto, há dicas que contribuem para que o planejamento de mídia traga bons resultados. Confira:

1. Defina claramente o público-alvo em seu planejamento de mídia

É de extrema importância identificar claramente qual é o seu público-alvo e os elementos demográficos e psicográficos (atitudes, interesses e comportamentos) que o compõem. Sem isso, é impossível desenvolver uma comunicação adequada e selecionar as mídias certas para alcançá-lo.

Após definir quais perfis de clientes melhor se encaixam em seu produto ou serviço, busque mais informações, como:

  • motivações pessoais;
  • meios que usam para se comunicar;
  • jornais ou revistas que costumam ler;
  • sites que visitam regularmente;
  • mídias mais utilizadas;
  • assuntos preferidos nas redes sociais.

Todos estes dados devem ser obtidos antes de realizar seu planejamento de mídia.

2. Selecione as mídias mais eficazes de acordo com as características da sua marca

Nem todo mundo acessa o Facebook ou lê revistas. Além de perguntar quais canais seus clientes mais usam, reflita sobre os pontos fortes e fracos de determinada mídia para ampliar o alcance da marca e como ela vai ajudar você a cumprir suas metas.

Seja implacável na escolha (e rejeição) de mídias. É melhor se concentrar naquelas mais eficazes do que tentar fazer sua marca estar em todos os lugares ao mesmo tempo.

3. Mantenha sua identidade visual consistente

A identidade visual é muito mais do que o logo. Seu conceito implica um padrão único de design, das cores às fontes. Todos estes elementos devem se manter consistentes.

Qualquer pessoa que ver um anúncio na TV deve estabelecer uma conexão visual imediata ao visitar o site ou acessar o blog da empresa. Do contrário, não se pode dizer que a marca tem uma identidade visual. E o mais provável é que ela não seja lembrada facilmente.

4. Crie conteúdos adaptáveis a diferentes mídias

Para que sua marca seja fortalecida, o planejamento de mídia deve programar o desenvolvimento de mensagens claras, atraentes e capazes de transitar por diferentes plataformas. Ou seja, cada conteúdo que você criar (vídeo, estudo de caso, postagem para blog etc.) deve poder ser utilizado em tantos lugares quanto possível.

Por exemplo: deve ser factível que determinada peça usada em uma newsletter sirva para publicação no LinkedIn, no Twitter, em uma inserção na TV ou para fundamentar um anúncio impresso.

Não tenha receio de utilizar diferentes mídias, canais e plataformas para promover e fortalecer sua marca. Seu planejamento de mídia deve adotar uma abordagem estável, informada e colaborativa para que suas ações de marketing alcancem os clientes no momento certo.

Gostou deste post? Quais outros elementos você incluiria em seu planejamento de mídia? Deixe um comentário e divida suas ideias conosco!

Comentários

Envie seu comentário